Translate

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Momento Tio Ben

O tempo passa rápido. Nem sempre percebemos o quão rápido, porque algumas coisas básicas não mudam. Entretanto, quando esta mudança chega para essas coisas básicas, parece que em 24 horas vivemos  mais experiências do que em uma vida inteira.
Do que em uma vida inteira que tenha durado pelo menos 50 anos.
Em um dia você tem o direito e a obrigação de amadurecer dentro do seu tempo, seus atos são normais para sua idade e a cobrança não é tão grande. No outro, temos que nos colocar à frente do nosso tempo, sim, do nosso particular tempo.
Pular fases, queimar etapas e se preparar para um mundo que você já iria para ele, mas não com tanta pressa.
Aquilo que antes você tinha como qualidade por um amadurecimento prévio, hoje é um brinde para não ter problemas em todas as áreas da vida, enquanto o  resto da capacidade de lidar com a crueldade do mundo (que não é cruel só pra uns, mas para todos) começa a ser adquirida pela caminhada.
Erros são cometidos. Fato! Acertos, também.
No final das contas, as mudanças nada mais são do que a própria vida te ensinando a viver de uma forma diferente, mas que deseja te levar para o mesmo lugar que todos os humanos um dia deverão chegar.
Resumindo, as mudanças abruptas apenas chamam responsabilidades futuras para um tempo presente, obrigando que nós venhamos ter maturidade para lidar com as novidades dessa nova etapa. Aprendemos a ganhar, aprendemos a perder. Em suma, aprendendo a viver!
Ganhamos o poder de lidar com nossas próprias questões e, como diria o tio Ben, "Grandes poderes vêm com grandes responsabilidades".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.