Translate

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Estar na Europa


Estou tão triste de não ter ido para os Estados Unidos... #SoloQueNo (hahahahaha)

"Solo que no" é a mais nova tradução da nossa expressão "Só que não" (que também pode ser #SóQueNão ou apenas #SQN). Desde minha chegada à Europa, tentei fazer o máximo de esforço possível para que a comunicação fosse bem sucedida entre mim e meus novos amigos estrangeiros. Todos sabemos da dificuldade que é a comunicação entre os seres humanos em qualquer língua, imagine então em outra? Ou, como é o caso dos Erasmus, falantes de línguas diferentes se comunicando em outra que não pertence a nenhum dos falantes? A situação iria ficar complicada.
Sendo assim, comecei a traduzir as "gírias" que usamos no Brasil para os meus amigos dos estrangeiros. Desta forma, poderíamos continuar todos a conversar em inglês, tantos os Brazucas quanto os demais, usando as mesmas formas de linguagens e todos sendo compreendidos, principalmente a parte do sarcasmo, que agora, já está no jeito popular Erasmus de ser. Pois bem, agora temos além do #JustNot, o nosso #SoloQueNo.
E #SoloQueNo! Estar na Europa está sendo maravilhoso. A Luana Alencar vivia me falando isso e, embora eu não discordasse, se deixassem por minha conta fazer a escolha, eu teria ido para a zona rural dos Estados Unidos do que vir para a melhor cidade da Europa. Isso tudo não é por conta do "Sonho Americano" que todo mundo acha que todo mundo tem. Minhas motivações são bem diferentes.
Viu como tudo é pertinho na Europa
Foto: Em Festa das Nações - Espanha
Além de ser um dos países mais importantes para as duas áreas de estudos que eu me dedico e realmente amo estudar, jornalismo e política, eu queria focar no meu inglês e ganhar um sotaque como de um nativo americano.
Meu desejo sempre foi viajar o mundo fazendo correspondência internacional, por conta disso, depois que caí na real que não adiantava eu ficar odiando inglês, resolvi que iria amar na mesma proporcionalidade que eu não gostava, resolvi "cair de cabeça" nos estudos da língua. E, poxa vida, como eu o amo!
Acaba que a experiência na Europa está sendo boa para o meu inglês também. Embora eu já fale com um sotaque britânico palavras que antes eu tinha aprendido no American English, estou ganhando facilidade de compreender o idioma com todos os sotaques possíveis ( e, confesso, estou até aprendendo sotaques de outros países, afinal "don'T woRRy 'Elissa'").  Além disso, estou comendo comida turca, mexicana, paquistanesa, daqui a pouco até finlandesa, sem ter que ir muito longe pra isso.
Foto: Mine Karabulut
Para se ter uma noção, só neste fim de semana eu experimentei tacos, carne de crocodilo e de cordeiro (agora sei porque judeu não gosta de porco. Estou com eles). Jantei uma comida típica dos estudantes na Turquia, coisa que agora não sei colocar o nome, estando na sacada de um hostel na Espanha, na companhia de brasileiros sensacionais e turcos maravilhosos. Agora me fala se não é de mais estar na Europa?!
Olha quem nos persegue até aqui na Europa, com escrita
diferente, mas CAED é sempre CAED kkkkk
Todos os países são muito pertinhos. Para mim que sou mineira, tudo é "logo ali". Outra expressão que todos os meus amigos internacionais já aprenderam e olham pra mim e perguntam "'Elissa' is this place just here". E, tenho que dar os créditos ao Maickel pela ajuda na tradução dessa expressão, ao fazer de tudo, boddy language igual a uma minhoca no meio de Sevilha pra tentar explicar o que seria o "logo ali". Como eu bem exemplifiquei "onde eu posso apontar o nariz, é logo ali".
E sim, aqui é tudo logo ali! Pois bem, estou planejando dar uns pulinhos logo ali. Quem sabe o meu próximo "ali" seja a Asia?^^ Vai saber...
Enfim,
Este é o meu bom dia no intervalo da aula de inglês. #PartindoPartindo que daqui a pouco a professora volta e aula irá retornar.
Beijos e abraços, Jesus os abençoe.

Nota: ""It's just here!" ... If i were in brazil, ok, "It's just there"... But in europe?! Always its just here!" By Maickel from Facebook

Elisa Macedo, de Portugal.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.