Translate

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

27º dia - Caráter

A gente estuda nas horas vagas, se possível! hahaha
Estou impressionada! Realmente impressionada!
Estava na aula de Política e acabei descobrindo quanta coisa sobre o próprio Brasil  que eu nunca tinha aprendido. Além do mais, a qualidade do ensino é muito diferente. A grade curricular, os temas abordados, o que é cobrado de um aluno é algo fora da lógica brasileira. Para se ter uma ideia, um professor ficou revoltado ao perceber que a maioria da turma só sabia falar português, inglês e espanhol. Onde já se viu isso, não é mesmo? Só falar 3 idiomas. Como pode isso Arnaldo César Coelho?
Pois é.
Outra descoberta no campo da política, foi ver que esse campo não é uma bagunça somente no Brasil. Nós brasileiros deveríamos amar o voto, porque mesmo Portugal sendo um país democrático, pelo que eu entendi, em primeira instância, a democracia deles é delimitada, uma vez que o sistema é parlamentarista com o poder executivo nas mãos do Primeiro Ministro. Que confusão!
O Presidente no fim das contas, nada mais é do que um boneco que na hora que não estiver gostando da brincadeira, aperta um botão qualquer e dissolve o parlamento. Como diria o professor, "depois de sugerir o Primeiro Ministro, ele só tem poder destrutivo". Consegui compreender o terror do sigilo bancário, a confusão dos paraísos fiscais no Brasil, o porque a crise jogou Portugal no chão e a causa para tanta confusão do Mensalão brasileiro. Assustado? Sim. Eu vim entender o mensalão na Europa!
Foram tantas reportagens nada explicativas, tantos professores falando dentro de sala de aula no Brasil como se todos já soubessem de tudo do por trás das câmeras, que o que ficava era um povo revoltado dentro de sala falando sobre a única parte que todo mundo tinha entendido: ESTAVAM NOS ROUBANDO!
Agora, como roubou, porque roubou e para que roubou, filho, muitos que lerem essa postagem e venham criticar uma "jornalista" que não sabia disso, provavelmente ainda não sabem destes motivos a cima apontados.
O mais impressionante de tudo, daí o motivo de ter no início dessa postagem a palavra "impressionada" por duas vezes, é que esta aula foi dada de 14:30 até as 18:15h, com apenas 15 minutos de intervalo para uma turma que deveria ser de 27 alunos, no entanto, com menos de 12 presentes e de 7 efetivos, que ficaram até o final. Agora, onde está o motivo de tanta admiração? Ora, é simples, um professor que consegue deixar o nível da aula tão elevado, com uma quantidade de alunos que no Brasil seria considerada desmotivante, realmente me chocou.
Já ouvi um professor aqui falar que dar aula é o mínimo que ele pode fazer, já que recebe pra isso, quando uma aluna levantou uma questão sobre o auto índice de abstenção das aulas. O professor aqui não diminuí o rítmo da aula dele em função dos alunos, simplesmente dão a aula com 10, 20,100 da mesma forma que dariam, com o mesmo empenho, com a mesma destreza! Como diriam as turcas "I'm in chock!"
Enfim, a cada dia que passa, a cada aula que passa, eu descubro o quanto eu gosto de política. Ainda mais quando o conteúdo é apresentado de forma tão elouquente e interessante. De verdade, acho que aprendi mais em 3 aulas do que em 3 anos de faculdade.
Está valendo muito a pena!
Para os menos interessados no tema, deixo as fotos do dia de ontem logo à baixo, para que não venham pensar que por causa do tema, irei postar mais fotos fora do contexto nestas postagens.

Boa noite a todos, Jesus Cristo os abençoe.

Elisa Macedo de Portugal

Memorial da Segunda Guerra Mundial em Lagos - Portugal

Lagos - Portugal

Noite anterior ao passeio
Da esquerda para direita: Magdalena, Isabella,
Luciana, Marta,  Eu,Mine, Akkiz, Paula e Busra
Na noite de quinta-feira - Recepção de Calouros

Eu e Mine

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.