Translate

domingo, 27 de maio de 2012

Posso, simplesmente, resumir o que eu estou sentindo em uma frase: não quero falar!

Ok, eu poderia simplesmente não vir aqui e não postar nada, mas precisava fazer isso, ver que eu não quero falar.

quarta-feira, 16 de maio de 2012


Eu já cheguei em uma fase na minha vida que prefiro brincar no parque, jogar vôlei com os amigos, matar aula na cantina e conversar sobre coisas bobas rindo alto e com prazer, do que ficar fingindo ser adulta e, no fim das contas, ser cada dia mais infantil.
Acho que o Ensino Fundamental foi maravilhoso, o Médio muito bom, mas, minhas atitudes naqueles lugares me fizeram aprender que existem novas fases para eu viver, agora. Sendo assim, não preciso ficar agindo como criança pirracenta em situações que necessitam de alguém competente para resolver, ou então sendo imbecil atrapalhando quem pode. Piada é engraçada, mas no momento certo. Fora de hora é igual comer arroz no café da manhã, totalmente desnecessário.
Só os inteligentes entenderão.
Entendeu?

domingo, 13 de maio de 2012

Estou extremante decepcionada.
Realmente, palavras o vento leva.
Não sei porque ainda insisto em falar certas coisas...