Translate

sábado, 28 de maio de 2011

Eu estou mal.

Então... Sei que não devo começar com "então". Mas, então... Eu estou com problemas.
Não tenho os pés no chão... Tenho raízes, foi como minha amiga me definiu.
Eu já vi uns dois, ou três, talvez esteja indo ver o quarto filme por hoje... Ou, talvez, só tenha visto um e imaginado os outros. Sei que quando vou me deitar fico mais meia hora na cama pensando, lembrando, imaginando, voando...
É ruim!!!
É sério, eu não gosto disso.
Fim de semana voltou a ser chato. Voltou a demorar a passar e algumas coisas estão perdendo o sentido... Ai.
Não sei, eu não consigo aceitar o efêmero, então nem deixo as coisas passageiras entrarem na minha vida.
Sabe... Qualquer paixão não me diverte.
Eu sei que estou de saco cheio de mim e de ficar pensando em alguém... Até tive que fazer um blog novo para postar meus "jornalísticos", este daqui está impregnado de mim, das palavras escritas erradas da minha juventude... Está na hora de amadurecer... Eu preciso amadurecer meus sentimentos também.

Eu estou com vontade de quebrar tudo a minha volta... Eu não gosto de me sentir assim, vulnerável, dependente... Menina!!! Tá, eu sei. Eu sou uma menina. Mas é difícil ser assim. Poxa, como tem garota que consegue ser assim todos os dias do ano desde que nasceram?
Ninjas!
Ah que "dorgas"...
Eu não consigo fazer mais nada.
Nem escrever... O blog está abandonado, está tudo doido... Tudo doido!
Eu estou voltando a ter rotina.
E sabe, eu estou com raiva mas estou de olho no relógio.
Não.
Preciso ser mais do que realista agora. Preciso aceitar minha condição.
Aceite, aceite, aceite!
AH, eu digo que aceito, mas gostaria de mudar.
Ai eu queria ter carteira, pegar esse carro na garagem e sair muito doida pelo centro da cidade tomando vento na cara e ouvindo musica alta.
Acho que isso ajuda.
Melhor do que ficar igual eu passei o dia todo, da cama, pro sofá, pro pc, pra cama... Pensando... pensando... Pensando.
Ai meu Deus, me ajuda!!!
De novo, outra vez?
Eu tinha superado isso.
Eu sei que eu tinha.
Olha eu estava ótima... É só ver minhas postagens ateriores, eu realmente estava muito bem.
Agora fico ouvindo musiquinha romântica, vendo comédia romântica - porque não tenho mais coragem de ver o romance puramente dito -, vou tomar banho cantando, caminho na rua sorrindo... 
JÁ SEI! Eu estou ficando é doida!
Pronto, vou ficar com essa hipótese.
É melhor, eu acho que é melhor!

Nota: O problema de ser "futurista" é a grande dificuldade de se enxergar apenas o presente, com isso você vê mais o que te impede de ficar junto, do que o que te fará permanecer. Ai sossega, sossega... Não cogite hipóteses... Fica quietinha. Fica!

domingo, 15 de maio de 2011

Não desejo a ninguém

Um homem de aproximadamente 80 anos, fumando um cigarro na sacada do seu apartamento, entre a porta de vidro e o vento frio, começa a não desejar coisas para o ar.
- Não desejo a ninguém acordar no meio da noite e descobrir que se o mundo é bom, você não fez nada para contribuir, ou que se ele é mau, você não fez nada para mudar. Não desejo a ninguém criar vícios para suprir a falta das escolhas certas, quando as que se fez foram apenas erradas. Não desejo que qualquer pessoa viva sonhando, pois a realidade não é como um sonho realizado.
Não queria estar nessa sacada agora pensando estas coisas. Para falar a verdade, eu gostaria muito era de estar na minha casa (mas eu estou), em um outro tempo, com a mesma oportunidade de fazer as escolhas que fiz lá atrás.
Se eu soubesse como seria o futuro, eu teria feito diferente no passado, mas eu penso, às vezes, que lá no fundo eu realmente sabia o que me esperava.
Eu não desejo a ninguém, acordar no meio da noite e olhar para cama e encontrar outra pessoa ali, outra pessoa que não é a que está nos seus primeiros pensamentos do dia. Embora você também ame esta, eu não desejo a ninguém saber que você ama mais aquela... Aquela...
Ah aquela!!! Se eu soubesse que adolescência, fase adulta e infância são apenas uma fase... A fase da nossa vida e que esta fase nós não podemos deixar passar.
Eu não desejo a ninguém cair na real quando não restar mais tempo. Não desejo.
Afinal, eu tenho de tudo, tenho dinheiro, tenho uma casa, uma família, um cachorro, mas no fim nenhum deles me têm. Era para ser o contrário... Ainda que eu não tivesse nada e olhasse para o amor eu me sentisse dono do mundo, mas hoje eu tenho de tudo e sinto que não sou dono de nada.
Vivo de aparências e colhendo a consequência das minhas escolhas erradas.
No fim das contas eu não desejo tudo, eu só me dei conta de que de tudo que construí, hoje eu não tenho nada. Sou vítima do meu próprio orgulho e das minhas decisões mesquinhas...
Afinal, para resumir, o que eu não desejo a ninguém é uma vida igual a minha.

2:00h da manhã o despertador toca e um jovem de 25 anos acorda ofegante, com um gosto conhecido de muito tempo de nicotina na boca, cheira suas mãos e elas tem um odor de fumaça... Olha para a sacada e vê a porta aberta deixando a cortina dançando do lado de dentro do quarto. Assustado, ele começa a entender. Olhando para o lado ele vê um volume feminino em sua cama deitado de bruços, os cabelos encobrem o que seria visível da face... Assustado e se sentindo um velho de 80 anos ele começa a se recordar, quando de repente ele se dá conta que tem uma casa, um carro, uma família, um cachorro e...
De repente a jovem deitada se vira e deseja:
- Vai com Deus amor.
E aliviado por saber que fez as escolhas certas ontem e hoje, ele se levanta, arruma-se e viaja para apresentar no exterior o seu trabalho recente. No coração ele sabe que terá alguém para voltar e que é e, será sempre feliz. 
Ele é um jovem que entendeu que suas escolhas importam. E, eu, naquela noite, quando ouvi aquele velho  me dizer o que não desejava a ninguém pensei "que bom que tenho apenas que soprar pela vida dos seres humanos."
Fiquei feliz em saber que é possível ter tudo: Uma casa, um carro, uma família, um cachorro e quem se ama para sempre ao seu lado. Confesso, naquele momento eu quis ser um ser humano e conseguir fazer as escolhas certas.
E, hoje, como um mero ar que passa, só não desejo a ninguém que lamente a vida que tem, mas que faça o melhor que se pode hoje... Não importa se em sua mente, ou em seu corpo você é um velho de 80 anos, enquanto eu passar pelos seus pulmões tudo pode mudar.


* Foto de outro blog.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Revirar fotografias velhas é mais do que remecher no pasado. É se lembrar de sonhos que não se tornaram realidade (ainda) e reviver... Reviver momentos felizes e alegres, reviver e lembrar que hoje eles não fazem mais parta da sua realidade.
Bom, conselho... Quando acordar de madrugada, vai orar, vai fazer algo produtivo, mais produtivo do que revirar o passado... O seu passado em uma hora dessas pode estar dormindo e você é o único acordado no meio da noite, chorando e triste, por realmente ter vivido um conto de fadas, no qual os personagens principais não fizeram muito esforço para torná-lo real.

*Foto: Eu e a Tama quando fazíamos Ballet na academia Dependence. (1° semestre de 2009)

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Poxa, seria tão legal compartilhar esse momento que eu estou vivendo... Eu escrevi uma matéria de verdade, queria tanto ir numa pizzaria, tomar muito suco natural de laranja, rir, contar como foi divertido procurar a credencial perdida, mexer em uma câmera que o valor paga o carro do meu pai a vista... Poxa.. Queria tanto compartilhar de verdade.
Mas, está bom.
De certa forma, estou tendo a vida de jornalista que eu imaginei que teria:
Fim de tarde, ouvindo musica, sentindo um frio gostoso e satisfeita por ter feito o meu melhor.
Pelo menos compartilhei com Deus que me ajudou no nervosismo e em tudo mais, com meus pais e os melhores amigos, pra não ficar tão vazio estou postando e "compartilhando" com vocês.
Agora é torcer pra matéria sair.
E quando ela sair... Bom, talvez eu volte para "compartilhar" aqui de novo, com vocês... Outra vez.

Nota: O ser humano é realmente insatisfeito, hoje eu sei que quero bem mais do que imaginei e imagino bem mais e, sei que irei querer mais quando atingir outra vez meus desejos de hoje. Afinal, precisamos desejar sempre mais para avançarmos... Só não progride quem não deseja e não luta conjuntamente. Avançar por osmose, porque a vida está obrigando, alguns até conseguem... Mas avançar porque está vivendo e querendo aperfeiçoar o seu sonho, nem todos.

*Foto de outro blog

 * I Want To Know / (diversas outras do álbum Who We Are) - Lifehouse*

quarta-feira, 4 de maio de 2011

O trem já vai partir - piuí-tic-tac

Tudo pronto!
O Trem já vai partir e você não poderá dizer que não teve a oportunidade de fazer diferente.
Tudo pronto!
As malas já estão prontas, antes mesmo de saber que um dia iria viajar. Agora, é só ouvir o barulho das rodas nos trilhos, das pedras que as crianças colocaram sendo estilhaçadas e arremessadas aos cacos para o outro lado do universo.
Tudo pronto!
Tudo é tão perfeito quando se faz tudo certo, que mesmo que algo dê errado, você tem a mente limpa. Embora, melhor que tentar fazer o certo, seja realmente conseguir.
Agora o trem está partindo e levando com ele todas as tristezas, solidões, choros, recordações que no fim das contas não são lembranças, são pesadelos de uma vida passada que não chegou a existir.
Hoje é fácil ver que antes de tudo acontecer já estava tudo pronto para o trem levar... Piuí-tic-tac... O trem está partindo... E você com todas as suas mentiras e inverdades estão ficando para trás.
Se quiser se encontrar com este passageiro de novo, vá de avião, pois a estação que ele estará é muito distante do ponto em que você se estagnou. Sem soberba ele admite que não está te esperando, pois esperar por um passageiro conformado e preguiçoso, que não pegou o trem no horário, mesmo tendo todas as oportunidades possíveis, é mais difícil ainda, afinal, se ele não correu atrás do seu trem enquanto ele estava parado na estação, o que o faria pensar que ele iria agora em um ponto ainda mais distante?
Mas, se aparecer, por favor, troque seu guarda roupa, sua bagagem e seu olhar... O que este passageiro precisa é de uma nova companhia que saiba sorrir e chorar junto em qualquer estação... em qualquer estação de trem.


Nota: Piuí-tic-tac...Piuí-tic-tac...Piuí-tic-tac
*Foto da internet

*Musicas: Dissarey  / Whatever Its Takes - Lifehouse*

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Você conseguiu me deixar feliz.
Você conseguiu mudar minha história.
Você conseguiu me amar como eu era
e me transformar nessa pessoa boa que sou hoje.
Você conseguiu me respeitar.
Você conseguiu me entender.
Você conseguiu me corrigir.
Você conseguiu me dar amor quando eu não queria.
Você foi atrás de mim todas as vezes.
Você não me deixou fugir.
Você olhava por mim,
Você estava onde eu estava,
Apenas para dizer que me amava
e hoje sou eu quem digo
Eu te amo tanto!!!
O que seria de mim sem Ti?
Meu Pai.
Meu bom Pai.
Que me ensinou que amor não é só um sentimento e sim uma atitude.
E que eu jamais estou sozinha.
E, que mesmo faltando algo, eu estou completa,
pois tenho a Ti e as coisas que me deste  comigo.
E eu te amo. E eu te amo muito.
Eu te amo muito por isso.
E eu te amo.
Eu te amo mesmo que não fizesse isso,
Porque você me amou primeiro e, hoje...
Hoje sim, eu sei amar.


Nota: Eu sou feliz com meus amigos Deus, muito obrigada por cada um deles. Tá, tem os momentos difíceis, mas eu não estou só. Tenho a Ti e quem o Senhor enviou até mim.
Eu te amo Jesus!!!
E o Senhor bem sabe, que tudo isso é verdade e realmente é para TI.