Translate

sábado, 2 de abril de 2011

Seguindo conselhos de Rômulo Krause, eu preciso é desabafar, não é? Pois bem...
Passei parte toda a minha vida ouvindo coisas que eu não precisava ouvir e tendo que lidar com julgamentos dos quais eu não tinha pedido pra ser réu. Quando resolvi amar a pessoa só me tratava bem quando estávamos brigados (talvez isso explique tantas brigas), passei muito tempo fingindo não ser eu e ainda tinha que dar justificativas aos que não gostavam de como eu era (como se já não fosse difícil o bastante lidar comigo mesma sendo não eu)...
A verdade é que agora sou quem sou e as coisas são mais difíceis, porque agora quando não me aceitam , quando não me aceito, sei que o faço, ou fazem, com quem eu sou de verdade e isso é muito pior, pois isso será muito difícil de mudar.
Minha vida é complicada? Não! É perfeita, eu tenho a vida que eu mereço, talvez até mais do que isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.