Translate

terça-feira, 15 de março de 2011

Sério, tem horas que eu prefiro acreditar que eu vivo em um mundo paralelo dormindo e isso que eu estou vivendo aqui é fragmento de um sonho, e que em um determinado momento eu irei acordar nesse outro lugar e viver uma vida mais normal, com pessoas mais normais e sem tanta confusão.
É um absurdo, é inacreditável, é sem palavras para expressar o que é viver na terra habitada por esses mesquinhos seres humanos.
Tem horas que eu me esforço para acreditar que eu estou em um outro plano e isso aqui vai acabar logo. Sério, estou simplesmente boquiaberta com a humanidade. De verdade! Ou, talvez, eu devesse estar abismada comigo né? Afinal, eu que estou vendo tudo diferente... Hum... Analisarei!


Nota: Literalmente missão cumprida graças a DEUS, só a DEUS messssssmo!

domingo, 13 de março de 2011

Postando antes que perca o sentido

Eu, por diversas vezes, até mesmo aqui nesse blog, fiquei me perguntando se a mudança de uma atitude poderia mudar algo e sempre chegava a mesma resposta. Hoje enxerguei algo mais profundo assistindo OTH, "que uma pequena mudança pode mudar todo o resto". E, realmente, é assim.
Fico pensando que na minha vida tiveram pontos especiais, dias especiais que se eu mudasse aquelas escolhas, talvez hoje eu não fosse quem sou e não estaria onde estou. Talvez eu estivesse melhor, talvez pior. Às vezes penso em um universo paralelo onde eu fiz essas duas escolhas e tudo realmente é muito diferente, ou então que indiferentemente delas, tudo foi igual.
As minhas atitudes não mudam só a minha vida, mudam as pessoas que estão a meu redor também.
Assim foi quando eu decidi trocar de igreja, lá eu conheci pessoas que provavelmente eu teria uma enorme facilidade de passar pela vida sem conhecê-las e elas não teriam tido influência nenhuma sobre a minha vida e a recíproca também não teria, por sua vez, funcionado. Existem diversos outros pontos de escolhas como estes, pontos grandes, que dá para serem demarcados, como quando você resolve dizer sim, ou não para um pedido de namoro, para o término de um namoro, quando você decide acabar uma amizade, quando você resolve mudar sua vida por completo e se tornar uma pessoa melhor, ou pior...
Mas, essas grandes escolhas são frutos de sementinhas pequenas de momentos que não podemos demarcar. São nas situações caóticas da vida que tentamos encontrar o ponto onde tudo começou, o momento em que nos tornamos assim, assim mesmo, como somos.
O que eu quero dizer com isso é que as mínimas escolhas que fazemos, como ir tomar banho, ou ver TV, ficar na internet, ou ir orar, não só pode, como realmente irá mudar a sua vida para sempre, assim como a escolha de sair mais cedo, ou mais tarde de casa já conseguiu mudar a realidade de muitas pessoas.
Então, é isso galera... Atenção nas escolhas, você pode estar trocando um momento na internet com 'amigos' virtuais, enquanto poderia estar vivendo de verdade com amigos que, ainda que você não tenha, poderia estar fazendo agora. Se dê uma oportunidade e não culpe a vida pela consequência que você está vendo e colhe, pois isso tudo é reflexo das atitudes que você toma e finge que não vê.
O homem que você quer ser não irá acordar um dia sendo, você está foramando ele agora.

Abraços,
Seyal Layes.

Nota: Difícilmente você saberá que está fazendo a escolha certa, mas pelo menos faça tentando acertar. Pois assim, já corremos o risco de errar, agora imagine se você já for consciente de que aquilo não é o certo a se fazer?

sábado, 12 de março de 2011

I'm coming back to me








Falta mesmo, faz os dias em que eu não precisava me lembrar de tudo isso e que tudo isso nem tinha acontecido. Saudades, eu tenho mesmo, de um tempo em que recordações não eram peso e esperanças não eram ruins.
É muito estranho quando o sentido das coisas mudam.
" O que é pior: descobrir que não alcançou os seus sonhos ou que quando os alcançou isso não foi o suficiente?" Haley James Scott - OTH
Paradoxo não tão difícil pra mim.
Quando alcancei os meus sonhos descobri que aquilo não era tudo que eu queria, que de nada aquilo valia se não tivesse só o significado do "eu queria isso". Descobri que não queria ser uma criança chorona  que queria algo e precisava daquilo, mas que quando ganhava,tornava-se indiferente.
É... Eu passei muito tempo da minha vida indiferente. Esse muito tempo pode ter sido apenas um dia ou alguns meses, algumas semanas e alguns dias. Para quem vive e não sabe a hora que irá partir, um segundo é muito mais do que importante.
Quando eu resolvi tomar posição da minha vida e fazer uma escolha coerente, deixar meus sonhos e tentar algo novo, vi-me sem aquilo que desejei e não me realizou, mas nem por isso satisfeita. E, sinceramente, querida Haley James Scott, eu não sei te dizer o que é pior na sua questão.
Eu sei é que todo o dia eu tenho a chance de fazer algo novo de novo. De sonhar outros sonhos e não ter medo de deixar sonhos infantis para trás, os quais eu só queria conquistar porque um dia eu falei que queria, sendo que isso nem era tão importante para minha realidade atual.
Abandonar sonhos frustrados não é covardia, é coragem. Coragem de começar de novo independente da situação a sua frente.
Lutar pelo que você quer e não ter medo de deixar de querer caso isso esteja te fazendo mal. É necessário fugir do orgulho, matar o medo e buscar o amor.
Às vezes é necessário voltar atrás para se caminhar pra frente e, é isso que irei fazer.
Tive que abrir mão do meu sonho de ficar indiferente... Mas, Jesus e a vida me fizeram enxergar que existe uma outra possibilidade que pode me surpreender mais além do que um dia eu sonhei.
Talvez não seja tão ruim alcançar os seus sonhos e, talvez seja muito melhor ir além deles. Ou quem sabe algumas pessoas consigam ser felizes apenas realizando alguma parte, mas que essa parte os tornaram completos.
É assim... Cada um busca a felicidade e mesmo que suponham, não há como saber onde ela estará. É preferível não ficar supondo em encontrá-la, mas deixá-la nos encontrar. Afinal, supor onde ela está se guardando, pode nos levar por caminhos diferentes de onde ela verdadeiramente está.

Nota: 
1- Nem todo mundo tem um Nathan Scott, mas isso não me impedirá de ser melhor e acreditar que as pessoas podem mudar, ainda que seja difícil ter fé nisso. Afinal, a fé pode ser é algo que temos convicção do que não vemos e esperar o que parece impossível de esperado.
 2-Desisti de bloquear meu blog. Decidi correr riscos.
3- No mundo em que vivemos, no qual tudo é competitivo, faz parecer que o importante é chegar primeiro. Para mim, o importante é chegar e se possível não chegar só, afinal, sozinha eu vou mais rápido, mas acompanhada, digo, bem acompanhada, eu vou mais longe.
Abraços, 
As escolhas importante da vida, a gente não faz na sorte.
Seyal Layes.


*Nessa postagem há fotos de outros blog's.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Eis que hoje eu vejo por espelho, refletido nos que me cercam e nas obras de Tuas mãos, mas, um dia, eu verei face a face. Hoje eu conheço por enigma, cheia de perguntas e questionamentos, mas, um dia, eu conhecerei inteiramente e intimamente e serei cheia de certezas.
Não sei o porque, ou o pra que de fazer essas coisas, mas sei que farei... Sei que farei. Sei que farei!


"No vale mais profundo eu quero ir e na montanha mais alta quero subir. Só pra levar o Seu amor eu quero ir seja onde for, eu quero transbordar do seu vinho novo." - "Eu Te amo, eu Te amo, eu Te amo... Com todo o meu ser. Eu irei onde querer que eu vá, farei o que queres que eu faça e direi o que queres que eu diga... com todo o meu ser!"

Nota: Não é pesaroso sacrificar minhas vontades, minha carne, meu querer. Pesaroso é ver quem eu amo ir para longe de Sua Santa presença Senhor, por minha causa. Eu irei Paizinho, eu irei!

sexta-feira, 4 de março de 2011

Porque tudo precisa ser tão difícil quando eu só preciso de alguém que torne as coisas mais fáceis?



Você não precisa ser perfeito, mas se pelo menos tentar como Nathan Scott de One Tree Hill tentou, para mim já basta.


The past is a past. What will the future!
Não importa o quão quadrada eu pareça e insensível eu demonstre, eu simplesmente sou de intelecto de 1980, no qual o cara pedia desculpas, o cara procurava a garota, ainda que ela estivesse errada, ainda que ela nunca o procurasse, ele pelo menos cavava a oportunidade. Sou da época de que um homem provava seu amor e interesse indo atrás. Desculpe se as mulheres da minha geração estragaram tudo para mim, mas por mais que me doa, eu irei ficar aqui. 
Meninos esperam mulheres tomar atitudes e dizem que é "porque elas nunca correm atrás deles".
Homens correm atrás dos seus sonhos, ainda que eles estejam fugindo deles.
Seja homem... Isso é ser homem... Lutar pelo que você quer, ou então, passe o resto da sua vida lamentando não ter lutado pelo que você queria.

terça-feira, 1 de março de 2011

Antes de bloquear de vez o acesso de milhares de pessoas a esse blog nem tão badalado, eu gostaria de deixar uma reflexão para esta semana.
Você já viu nos olhos de seu pai o medo de perder quem ama, por conta das atitudes de pessoas que não mudam?
Eu sim. Confesso... O assunto foi sobre uma pessoa, mas, no entanto, muitas outras vieram a minha mente.
Uma bela e quase nublada manhã, acordo eu com alguém que eu costumava amar muito. Acordo com o som de sua voz, não era sonho, depois de muito tempo ele estava aqui. É incrível quando planejamos o reencontro em nossa mente e tudo parece perfeito, mas, quando ele realmente acontece, aquele sentimento de indiferença te domina e você procura olhar para aquela pessoa procurando algo de bom, alguma mudança, a mínima para acalmar o seu coração e alimentar as suas expectativas de que ela irá mudar... Mas não! Não, não, não... Só fica em nossa mente a imagem do "o que eu fiz para isso?"
É doloroso ter que arrancar, como se arranca uma plantinha bonita de um vasinho pela raiz, tirar tudo e não deixar nada. É doloroso arrancar o amor por uma pessoa apenas pelo fato de que ela ama viver na mediocridade e não é capaz de enfrentar a vida, os conhecidos, a si mesmo, por amor próprio, por amor a quem se ama, por amor a quem as ama.
Meu pai me disse "Deus não irá ajudar se não houver uma pré disposição da pessoa", sabe, Deus nos ajuda até sem nossa pré disposição, mas há momentos que temos que fazer nossas escolhas. É verdade, Deus não se impôs a nós... Deu-nos o livre arbítrio e, infelizmente, há pessoas no mundo que irão escolher não mudar.
Fico triste porque a maioria das pessoas que eu verdadeiramente amei, sonhei, idealizei, fizeram tal escolha e, a partir do momento que decidiram isso, também decidiram me abandonar.
Até hoje ainda espero que digam "estou aqui, não mudei, mas quero. Preciso de ajuda. Ajude-me", mas com o passar dos dias eu começo a perceber que esta é uma espera inútil!
Sei que se Deus quisesse mudaria tudo em menos de um estalar de dedos, mas a humanidade vai de mal a pior porque espera que Deus tome as atitudes que ela deveria tomar.
Em obediência a meu pai, a sua preocupação com minha vida, com meu bem estar, saio... Retiro-me desta posição de espera pelo inútil e me coloco a espera de um bem maior da parte de Deus.
Não posso dizer que "seja o que Deus quiser", pois não é da vontade de Deus que os que Ele ama venham se perder, então, direi apenas "Que Deus, nosso Senhor, ilumine o caminho de vocês, guarde-os, guarde a vida e alma de vocês, ensine-os o amor, a amar, a viver... A mudar, que além de que Deus os encontre, vocês também se encontrem com Deus".
Que o Senhor os proteja em suas escolhas e caminhadas para que nada de ruim os sobrevenham.
Quando estiverem prontos para mim, eu também estarei pronta para amá-los novamente.

E.M.S