Translate

sábado, 28 de agosto de 2010

Mais uma vez estou em frente a essa tela me perguntando já sabendo a resposta: O que aconteceu comigo e porque um velho me tornei?
Sinto os pés fora do chão toda vez que assimilam minhas coisas e minhas ex coisas a mim. Somos distintos, fazemos ou então, apenas fazíamos parte de um conjunto em comum que foi destroçado pelas escolhas da vida. Maltratando o destino, desregulando a vida e alterando a ordem das coisas.
Tínhamos de tudo para estarmos sorrindo nesse sábado de sol, mas  impulso, maldito impulso, nos faz seres humanos mais emocionais do que racionais, colocando a razão na frente da emoção nos momentos que os sentimentos precisam falar mais alto.
Sinto-me perdida e sem ninguém para me puxar... Uma felicidade insuportável envolta num vazio tão profundo e machucado pela alma. Ferido...
O velho que me tornei irá superar tudo isso?
O velho que me tornei ainda precisa viver de esperanças, precisa acreditar que as pessoas podem se tornar melhores, precisa entender que a razão não vai sobressair a emoção e o que o racional é pensar com o coração.
O velho que me tornei está machucado e bem sabemos que idosos não se recuperam muito facilmente.
 ...

"Tenho uma faca cravada no meu peito e se eu tirar eu irei sangrar... eu irei sangrar... eu irei sangrar... eu irei parar de sofrer, no entanto, eu irei sangrar... eu irei sangrar e irei morrer. " > By me

Frase do dia: "O medo te impede de ganhar."
Nota do dia: Do que vale ser o único a correr para alcançar o que se quer se no final das contas é sempre o outro que sente falta e dá o abraço mais forte do mundo quase que falando "não faça isso de novo"? Do que vale correr atrás de algo que se tem? Você sabe que tem e por isso vai atrás, pois tem certeza que não perdeu. Agora de que vale a pena correr atrás do que se tem se não se busca o que se perdeu? Talvez não tenha sido perdido e sim jogado, talvez eu precise aceitar isso do que esperar a maldita tecnologia, ou então o físico atuar para essa cena sair do ar...
Foto google.
* The Older I Get - Skillet ( S / N Acoustic)*

As paredes
Entre você e eu


Sempre nos empurrando do nada deixado mas cicatrizes luta após luta


O espaço entre
Nossa calma e fúria
Começou a diminuir, disaparecendo lentamente dia após dia


Eu estava lá sentado esperando no meu aposento por Ti
Tu estavas esperando por mim também
E isto me maravilha


O velho que eu me tornei
Irá superar isso?
Tem sido um caminho tão longo para os tempos que perdemos


Eu não sabia que que isto poderia machucar assim, mas eu penso
O velho que eu me tornei
Talvez superará isso!
Tem sido um caminho tão longo para os tempos que perdemos
Eu não posso acreditar que ainda machuca assim


O tempo no meio
daquelas palvaras incisivas
Nós construimos defesas que nunca fizeram nenhum sentido e me machucam
Você acredita?
Tempo cura todas as feridas!
Isto começou a melhorar, mas não é fácil lutar quando eu não estou com Ti


O que eu estava esperando?
Eu deveria ter pego menos e dado mais a Ti
Eu deveria ter enfrentado a tempestade!
Eu preciso dizer: é tão desfavorável
O que você estava esperando?
Isso poderia ter sido melhor do que nós sempre tivemos!


Eu estou apenas envelhecendo
Eu não estou superando Você, eu estou tentando!
Eu desejo que isso não machuque assim
Tem sido um caminho tão longo para os tempos que perdemos
Eu não posso acreditar que isto ainda machuca assim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.