Translate

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Fator de corrupção

A sociedade molda o ser humano desde o seu nascimento. Assim que a criança nasce ela já cai nos braços da sociedade antes mesmo de se sentir amada chorando nos braços maternos.
A cada criança no colo, alguns a mais na conta do obstetra. Fato!
Li um texto hoje em um blog muito interessante (quem quiser ler link o André nos meus seguidores) sobre crianças de rua.
É incrível como temos o poder de formar, moldar, aniquilar, tramar, ensinar, corromper, maltratar, humilhar, sub julgar, aterrorizar, colocar as margens do que temos como leito social e depois culpar o ser humano por ser alguém que não anda de acordo com as regras.
Mas que jogo sujo é esse?
No final das contas somos meros hipócritas que fazemos com que as pessoas menos favorecidas façam o mal e depois a culpamos por assim fazer.
A vítima é o vilão!
Sociedade de cães consumidores de almas.
Ninguém é capaz de oferecer a um mendigo um cobertor, mas se este está deitado na porta de uma loja de luxo na alta madrugada a polícia intervêm... a favor de quem? Da sociedade? Mas afinal quem é a sociedade? O mendigo? A loja? O dono da loja? Ninguém?
Fico feliz por ter um assunto alheio a minha situação atual para postar. Fico feliz em postar.
"Menino de rua eu te conheço
Dignidade não tem preço
Menino manchete de jornal
Neste país de carnaval
Não tem comida pra você
" 
Bandido Com Razão




Nota do dia: Quando algo se faz triste o  inferno inteiro caminha atrás de você juntamente com todos os seus demônios. - Ficando cada dia mais poética... e trágica! (Graças aos textos Facom)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.