Translate

sábado, 31 de julho de 2010

Abandonar navio!

Acreditar em sonhos que nunca se tornarão verdade, isso é sacrificá-los, estrangular a vida... sofrer!
Os olhos estão doendo de vontade de chorar e não consegue derramar uma lágrima.
A mente se torna paranormal e consegue ver o futuro e sofrer antecipadamente em saber que todo o esforço que está sendo feito aqui, mais adiante pode não servir para nada, embora venhamos dizer  que "pelo menos tentamos."
Está tudo tão vazio e sem sentido...
Sem motivação.
Não se precis passar por isso para ser feliz.
Algo está errado.
Agora será mesmo que queremo ficar  a bordo para saber o que vai acontecer?

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Até que ponto deve ir nossa confiança em alguém?
As vezes ficamos tão decepcionados que esquecemos que essas pessoas também são seres humanos e tem direito de errar, porém o dever de sair do erro.
Até que ponto deve ir nossa confiança em nós mesmos?
Até que ponto somos os santinhos e não nos colocamos no lugar do outro? Até que ponto somos os ÓTIMOS e os restos apenas restos? Até que ponto não erramos?
Será que nos esquecemos que matar é errado assim como mentir? Que fofocar é errado assim como fornicar? Que roubar é errado assim como malcriar pai e mãe? Que chantagiar é errado assim como se prostiuir?
Será que esquecemos que Deus não vê como nós? E que Ele é o juíz e não nós?
Se até Jesus que é JESUS não condena, pelo contrário, Ele defende, quem somos nós então para apontar o dedo para outra pessoa feita dos mesmos materiais orgânicos que nós?
Pior que os problemas são as consequências, hoje aprendi que elas são imprevisíveis...
Você pode estar esperando algo e vir algo muito pior, ou então está com o coração tão aflito para o bombardeio que quando leva um tiro pensa que saiu no lucro.
A questão é que o "menos pior" foi uma expressão criada pelo próprio ser humano para se sentir menos culpados dos seus erros.
Não existe "menos pior", a questão é que nem precisava estar ruim, no entanto se algo não sai "tão errado" quanto estávamos esperando, pensamos que estamos no lucro.
Para visualizarem melhor eu ilustrarei.
"Imagine uma pessoa que faz algo errado e depois se ver nas mãos de alguém sendo chantagiado, ele consegue calar o chantagista e por isso pensa, "menos pior", no entanto esse alguém está muito engando. Não existe menos pior nesse  caso, a questão era não ter feito nada de errado."
As pessoas tem mania de ver vantagem onde elas não tem.
Confiam muito em si mesmas e acreditam nas pessoas em menos de uma conversa.
É incrível como você passa a vida ajudando as pessoas e não ganha uma medalha por isso, mas no dia que faz algo de errado todos te condenam.
Mas espera ai! Quem nos fez juíz de alguma coisa?
Não estávamos lá, não sabemos da situação, não entemos o coração, a circunstância e o momento... Então cabe a nós, mesmo que saibamos de tudo, ou estejamos pensando que sim, ter na cabeça uma coisa: Nós não sabemos de nada.

Nota do dia: O coração é uma caixinha de surpresa, as pessoas mudam de opinião, mudam de atitudes, mudam de tudo... às vezes para melhor, mas nem sempre. Não cabe a nós julgá-las ou então desconciderá-las por isso, mas sim em ajudá-las a retornar para o estado inicial em busca de um caminho melhor na próxima vez. E lembre-se, ninguém precisa de outro juíz além de Deus e a si próprio, afinal todos sabem julgar a si mesmos, talvez por isso procuramos tantos defeitos nos outros, só para não vermos os nossos, ou então termos algo para comprar e dizer: "Eu pelo menos sou 'menos pior'".

Obs: Não considere o "menos pior" como um erro gramatical, apenas como uma expressão errada, porém comumente dita, afinal não há "mais melhor", ou "menos pior".

*Foto de outro blog

terça-feira, 27 de julho de 2010

Nunca substime o poder de um homem com carro!
Nada melhor para conquistar uma garota do que passar uma boa impressão e nada melhor do que passar uma boa impressão andando de carro.
É lógico e é simples.
Basta apenas você ter mais de 18, mais de R$18.000 e uma habilitação pontuada, assim você consegue tirar aquela onda com os amigos, pois não vai sair por ai de fusquinha, e consquistar uma garota, embora estas não estejam mais ligando se seu carro é um fusca ou uma ferrari, elas só não querem mais é andar a pé.
No íntimo toda mulher carrega no coração o desejo de um capacho para carregar suas malas e transportá-las para todos os lugares que ela gostaria de estar ao mesmo tempo.
Pare, pense... acreditem, com relação a esse assunto eu nem preciso estar sendo irônica!
Desde que os carros foram inventados a mulherada cai em cima.
Ou vocês acham que até mesmo entre os ricos quem estimula essa competição de carros entre os homens é quem? Os empregados? Claro que não.
Elas estão de olho na garagem do vizinho e se eles realmente querem a atenção das damas para eles, eles que cuidem de preencher o vazio de suas garagens.
Até imagino aquela senhora dos anos 50 balangando beiço: "Marido, olha o carro do outro tem a roda maior!"
Era o fim daquele casamento a vista.
A mulherada se encanta em um poçante e se você não é bonito, não é charmoso, não é inteligente, tão pouco engraçado, está esperando  o que para ir em um consessionária?
Não estou fazendo propaganda, nem incetivando o consumismo, fica só uma dica apenas:
Para quem pensa que mulheres acham "raxas", "pegas", "corredores de asfalto", "manobras radicais em lugares errados" coisas engraçadas, bonitas e chamativas... está por fora do que mulher gosta e por isso tem no banco do carona um cara chamado "companheiro" e não uma mulher chamada namorada!
Abraços, Seyal.
* Foto de outro blog
Frase do dia: Nunca subestime a inteligência de quem quer te fazer o mal, sempre a eleve e multiplique pelo quádruplo da sua e ainda assim, você corre o risco de se estrepar. Fique de olho e não baixe a guarda nunca.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Pode até parecer que não, mas vejo que no mundo muita coisa ainda não mudou. Algumas até aparentaram ter mudado mas infelizmente esse mundo aqui é somente de aparências.
Como diria minha prima: "Quando tudo estiver perfeito eu vou levantar as mãos pro alto e dar glória a Deus, pois estou no céu."
É incrível como as pessoas são preconceituosas e  conceituosas, julgam tudo de acordo com o que elas acham e não como é a verdade, dão sempre um jeito das versões dos fatos satisfazerem as suas vontade conforme elas bem entendem.
Criam uma história fajuta e fazem daquilo a grande verdade e mentirosos ainda são as pessoas que não aceitam compactuar com este crime.
Desse jeito eu só me pergunto: onde é que vamos parar com tantas injustiça?
É somente esperar a justiça do Deus do céu, porque o povo aqui da terra só sabe condenar as pessoas sem dar direito ao menos delas próprias se advogarem e se elas ainda conseguem fazer isso, são incriminadas do mesmo jeito.
É assim que a vida segue, um sem acreditar no outro e tomando a sua verdade como a única verdade dos acontecimentos.
É assim que estamos obedecendo a Cristo, amando o nosso próprio como a nós mesmos. Depois nos perguntam se somos pessoas boas ainda dizemos: Somos.
Então eu me pergunto, quem é que é integro? Quem é que está mentindo agora?
Agradeço aos meus inimigos por me mostrarem o tipo de pessoa que eu nunca irei querer ser na minha vida.

Nota do dia: Apreensiva... e Muito!

foto de outro blog.

* Better Than Drugs - Skillet *

terça-feira, 20 de julho de 2010

Entre o tédio e a tristeza!

Não se tem opção melhor?
Então não escolho nada, deixo que vida escolha para mim.
Deixo que o tempo passe e leve minhas esperanças, pois o que eu podia fazer eu fiz.
É quando não se tem expectativa de dar um beijo, igual quando encontramos algum garoto na nossa sala e nos apaixonamos por ele, ele passa na nossa frente para ir ao  banheiro e sismamos que é por nossa causa e aquilo vira o caos de nossa vida, pensar que tudo que ele faz ele faz por nós.
Se ele der um grito é para que possamos ouvir, se ele pega nosso ônibus é porque ele esperava nos ver, se fala licença é porque foi a única palavra que ele quis dizer enquanto o coração estava com um livro pronto para declamar.
Sabe, é aquela borboleta no estômago ao ver alguém querido apontar, ou então a vontade de ver a pessoa te faz vê-la a cada segundo no rosto de alguém.
E quando uma real conversa começa então a existir?
Aquilo é motivo para uma noite mal dormida, para comer quilos e quilos de chocolate.
Quando há a declaração ai é lindo, porque ficam a aqueles seis meses de vergonha até dar o primeiro beijo.
E quando este acontece... prefiro para por aqui pois não existem palavras para explicá-lo.
Esse é o grande problema das paixões fuminantes da vida... Ela toma esse flerte natural, essa anciedade de ver o fim de semana durar 15 segundos só para encontrar logo com quem se ama e no fim das contas o fim de semana parece ter durado 15 anos.
Cada semana é uma vida inteira vivida, com choros, abraços e sorrisos... É tudo sempre tão bom.
Sinto falta disso.

Nota do dia: Pode não parecer, mas acredite, eu sou uma menina!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Século 21 - falsidade

Estamos no século que impera a aparência, a futilidade, o esteriótipo e por conta disso eu digo, o olho é meu e se eu quiser tirá-lo e comer, eu tiro e como e não é da conta de ninguém.
Estou cansada das pessoas falsas, que nos tratam bem por conviniências e seguem o fluxo do senso comum, ou então aquelas que precisam nos usar para se aparecer para alguém. Sai fora, não sou estandarte ok?
Cansei de todo mundo.
Cansei do século 21, cujo as pessoas guardam o que pensam na carapaça e perdem a oportunidade de desfazerem mals entendidos, ou então de revelar as pessoas o que o mundo realmente pensa dela e acabar descobrindo o que o mundo pensa de você.
Se você diz que o que dizem de você não importa, vou te dizer algo, você se importa mais que os outros só não aceita isso e usa essa frasezinha ridícula para se esconder.
Mas no final das contas... Dane-se tudo e todo mundo, só que você fizer irá importar mesmo!
Odeio, odeio gente falsa!
Caraca... 2008 foi o ano do preconceito na minha vida, perdi namorado, amigos, gente que eu achava legal e pessoas que me tratavam bem pelo simples fato de não gostarem de negros. Esse ano ta sendo o ano da falsidade e da mentira, parece que perto de mim só tem gente querendo me ludibriar e enganar.
O problema é que quando seus olhos se abrem para uma nova visão, ele nunca mais volta a deixar passar alguma coisa despercebida.
Cambada de falso... que se consumam, que se envaginem para dentro de si mesmos.

Quando algo da errado eu conto, então se dar certo eu tenho que contar.
Lembram-se da minha polêmica postagem sobre o senhor ex prefeito de Juiz de Fora Alberto Bejani? Então... Vou complementá-la, ainda que estejamos anos depois.
Pra inicio de conversa até o inicio desse ano eu realmente, de verdade, tinha até me esquecido de que Juiz de Fora tinha prefeito e não falo isso de sacanagem, é a mais pura verdade. E quando me dei conta para esse fato, cai em outra contrapartida: Eu não sabia quem era o prefeito.
Olha, mas isso não é raro por aqui. Poucos sabem que Custódio é o nosso prefeito, e os que sabem, insistem em desconhecer, pois ele e nada dá no mesmo.
(Recordem-se da postagem minha brigando com os militantes dele)
Juiz de Fora não está nem as moscas, pois até elas já perderam seus alimentos. A nossa passagem de ônibus é a mais barata do Brasil, acho que para os donos da ASTRANSP (sempre ela) R$ 1,30 de Santos Dumont, ou R$1,60 de Paraíba do Sul é mais caro que R$1,80 de Juiz de fora. Vai entender os cálculos deles.
Os nossos postos de saúde não tem médicos, apenas pessoas má educadas marcando as consultas para alguém lá, sabe-se quem, atender aos mais graves e quase mortos.
Remédios? Isso não nos pertence mais.
Acidentes de trânsito é frequente, IPTU alto não é novidade, o Rio Paraibuna Poluído com tanto dinheiro para desenvolver o projeto EIXO PARAIBUNA e me tirar desse bairro frustrado ninguém faz nada também.
É um descaso total!!!
Mendigo não vive tão diferente das classes médias baixas juizforanas, com a diferença de que eles dormem ao céu, graças a Deus ainda temos uma casa para espantar o frio que também resolveu maltratar quem já está sofrido.
O povo anda revoltado, mas sabe o que sabem fazer? NADA!
Agora é assim, passagem aumenta ninguém reclama, gente morrendo nos postos de saúde o povo faz velório e chora, ta tudo ótimo! Maravilhoso, perfeitamente normal.
Isso se eu não começar a falar da violência e que cá para nós, Juiz de Fora anda mais violenta, se formos analisar proporcionalidade de tamanho e quantidade de pessoas, do que a capital da cocaína que é conhecida internacionalmente por Rio de Janeiro.
E ai? Cadê a segurança e a saúde.
Não irei então nem entrar em detalhes com relação a educação, essa já é velha conhecida de todos e velha mesmo, pois não se renova nunca e a tendência são as universidades Federais ficarem tampadas de play boys pelo simples fato de que os filhos de pobres, vindos da educação pública não tem capacidade de fazer nem 60% da prova de um vestibular, não porque sejam burros, ou ignorantes, mas pelo simples fato de não aprenderem nem a metade do que é cobrado e no nível que é cobrado nos vestibulares da vida.
Retornando...
Relembrei-me de Custódio na Marcha para Jesus, como sempre eu me rebelo em eventos cristãos cujo eles insistem em fazer apologia a algum político, isso realmente me revolta.
Ainda utilizam a palavra "Feliz é a nação onde Deus é o Senhor!"
Realmente.
Então vamos colocar os crentes políticos para orar e para frequentar mais vezes as reuniões no planalto e nas câmaras, fazer mais coisas além de falar e falar, porque já está ficando tenso e está pegando mal. TA fedendo én gente!
Mas convenhamos, fiquei menos frustrada ao saber que a marcha para Jesus foi incentivada a sua primeira edição pelo Custódio e que se a concorrente dele tivesse ganhado, nem a marcha teríamos.
Realmente estamos perdidos... Estamos entre o mal e  pior.
Um político que não conhece nem o vocabulário do seu eleitorado e fala pro povo "REZAR" por ele, uma vez que reza é repetição, acho que ele se esqueceu que o político é ele e não nós.
Meus amigos até tentaram me acalmar, mas foi um pouco em vão.
Quando foi mês passado eu fui no encontro com Deus da Igreja Batista Resplandecente Estrela da Manhã e lá ouvi falar que o ex Prefeito Alberto Bejani, aquele mesmo das flores, rosas e do fedor também, resolveu se converter.
Pessoas na mesa do almoço comentaram que ele se ajoelhou diante da igreja (que é enorme) e pediu desculpas a cidade, as pessoas, aos filhos e a esposa, ah e a Deus também, por tudo que ele tinha feito.
Ninguém me contou nada se ele devolveu o dinheiro roubado, ou coisa do tipo, mas disseram isso.
Bom, se ele se arrependeu: Que bom!
Menos um corrupto no mundo. Que Deus o tenha perdoado e o abençoe para fazer o bem as pessoas agora né?
Ai surgem as dúvidas:
Será que ele não ta fazendo jogada?
Se está ou não, ai é problema dele com Deus.
Infelizmente, ou não, o povo o conhece como "o senhor rouba mas faz" e aqui na minha casa tenho dois eleitores caso ele se candidate de novo.
No final das contas eu fico é perdida.
Eleições vem ai e o que eu penso é o seguinte, vamos todos votar em um número inexistente para ter novas eleições com candidatos diferentes, porque esses ai já estão velhos e suas truculências também, além do povo que continua com os velhos hábitos de votar em quem não faz nada por nós.
Mas o caso é o seguinte, quando o Bejani fez lenha eu vim aqui e o ripei, agora ele está, aparentemente, fazendo algo de bom, então venho aqui dizer que Deus o abençoe nessa caminhada e que esta seja verdadeira.

Nota: Todo mundo tem o costume de perguntar porque todo corrupto depois que se estrepa vira crente, eu respondo, é porque Jesus veio para os feridos, os doentes, os fracos, os oprimidos. Infelizmente enquanto esse povo acha que está rico, feliz, saudável e contente eles não se lembram de Deus, mas a própria vida da um jeitinho de devolvê-los para de onde eles vieram ai eles se lembram de Deus. Só espero que eles não se esqueçam de novo quando tudo estiver bom outra vez.

- Realmente deve ter sido difícil para a família do Bejani ter tido algum parentesco com ele nessa época. Que Deus os abençoe.
Obs:
Mãe diz: IELIESA Não acredito que você gosta do Tódio.
Lis diz: reoiurioerurieu

Fontes no blog das postagens citadas:
http://lisems.blogspot.com/2008/08/eleies-2008.html
http://lisems.blogspot.com/2008/06/corrupo.html (não reparem os erros ortográficos, eu era muito preguiçosa).

domingo, 18 de julho de 2010

Tem vezes que tudo parece tão deprimido e estranho, principalmente quando você está louco para animar, mas por mais que pule e grite nada acontece.
É tão bom entrar no quarto e ouvir o silêncio, deitar e relaxar... mas é tão ruim estar sozinho.
Esse frio é melancólico de mais para mim.

sexta-feira, 16 de julho de 2010


POST RETIRADO

A vida é uma piada mal contada e não resumida, por isso que as vezes não tem tanta graça, mas par quem consegue entender, ela sempre será divertida.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Quando a saudades de mim bater, não pense em mim.
Lance toda memória de quem eu fui para fora e seja feliz.
Esqueça-se de mim.
Toda pessoa sabe a importância que tem na vida de outra pessoa e eu já percebi que não sou mais necessária aqui, então quando a saudades e o costume te fizer lembrar de mim, não fique triste assim.
Lance tudo fora, meus versos, minhas frases, minhas palavras, minhas manias, meu jeito, meus cabelos, meus sonhos, meus projetos, o que eu acreditava, o que eu dediquei.
Não pense que outra pessoa terá a mim como um troféu e vencerá na vida por ter a mim, assim como você venceu enquanto eu estava ai.
E quando as lembranças insistirem em te fazer sofrer, pense que eu fui um sonho e se esqueça que eu existi.
Hoje eu sou uma vaga lembrança em seu pensamento, um desejo imaginário que acometeu sua percepção por algum tempo e que não existe mais.
E quando caminhar pela rua e avistar uma garota maluca, do cabelo esquisito, pulando e gritando e sendo feliz, não pense que ela sou eu, eu não existo mais, sou apenas uma projeção que você precisa deixar pra trás para poder seguir em frente.
Eu fui tudo que você precisava e nem tinha pedido e você não foi o que eu tinha pedido e sim o que eu precisava.
Agora eu preciso do que eu pedi.
Então agora estarei a procura de um coração onde eu não precise ser a memória com necessidade de ser apagada.
Então agora eu estou indo.
Você já me pode ver na estação do trem indo embora?
Você já consegue sentir a chuva ao ver meu vagão partir?
Você já consegue ver minha ausência em seu peito?
Agora eu serei a lembrança de como você precisa ser bom para não perder a próxima imagem legal que aparecer na sua frente tentando te fazer o bem.
Eu posso não estar te dando outra chance, mas a vida te dará.
Amadureça e compreenda que eu não existi e que sua vida começa agora, sem mim.

*Leave Out All The Rest - Link Park*

quarta-feira, 14 de julho de 2010

             Estou ficando com medo!

E esse medo apaga todos os sentimentos, bons e ruins, porque eu só enxergo o medo a minha frente.
Eu estou sentindo frio e é frio de medo.
Eu estou com muito medo.
Terror, pânico, surto, paranóia... Eu estou tremendo. Tendo calafrios, estou chorando e apavorada.
Nunca pensei que houvesse corrente mais forte que o amor, mas o medo é o pior e mais forte.
Ele te deixa sem saída.
Estou vivendo apavorada.
O que eu preciso é de alguém com coragem e forte
Não preciso de alguem que chore e me destabilize.
Não preciso de alguem que me deixe em pânico e me faça dormir abraçada com o terror.
Não preciso de alguém fraco e que também tem medo de perder algo.
Precio de alguém que me dê a mão, ainda que longe de mim, e me ajude com meus sonhos e não transforme minha vida em um pesadelo de preocupações.
Pessoas com coragem não perdem tempo chorando, ganham tempo agindo.
Aterrorizar-me só me afasta, só me lança longe, pois:
Eu tenho medo de sentir medo.

Nota: Uma das piores coisas que tem é viver aterrorizado com medo de alguma coisa acontecer a qualquer momento. As pessoas que nos amam não querem nos ver viver no terror e a cada dia eu começo a enxergar com clareza quem realmente gosta de mim.
Sabe aquela pessoa que você vê dentro do ônibus, acha bonito e fica zoando quando você tem apenas 14, 15 anos?
 Ai depois você cruza com essa pessoa outras vezes e fica babando?
Ai um dia você zoa freneticamente pensando "não vou ver ele mais mesmo."
Moral da história, você acaba dentro da casa do cara e constrangida por se lembrar que você lembra dele e torcendo para ele não se lembrar que se lembra de você.
Confuso não?
Essa é minha vida e agradeço a Tama por me lembrar desse incidente que já aconteceu tres vezes.
Festa da bixarada;
Anjo mensageiro;
E agora essa!!!
Ai, ai, ai só me meto em confusão! :S

terça-feira, 13 de julho de 2010

Ciumes

O ciume é uma praga na lavoura.
Você leva tempos para escolher o terreno, prepara-o,  cuida, guarda, compra as melhores sementes e utiliza uma boa água.
Você utiliza bons fertilizantes, ótimas vitaminas e está tudo perfeito... até que uma peste não esperada aparece e devora tudo que você cuidou e depois de devorado tudo não adianta olhar pro terreno com marcas da destruição e gritar:
"Voltem plantas, voltem!"
Não irão voltar, não irão voltar, não irão voltar!
Experiemente: Pegue um copo cheio de água, deixe-o em cima da mesa e comece a gritar mandando ele virar coca-cola, grite o mais alto que puder, mande, use toda a sua entonação. Se seu copo com água virar um copo com coca-cola: Parabéns, caso não venha acontecer isso, não se decepcione você já sabia que ia ser assim, mas valeu tentar.
Espero que tenham entendido a analogia da lavoura e do copo de água.
Confiança: Uma vez perdida, jamais encontrada novamente.



Frase do dia: Inoscência é igual confiança, depois que se perde não tem como voltar atrás.


Nota: O cíume te faz perder o  que conquistou e aquilo que ainda não teve. Pior do que quem tem o cíume no peito é o ser que o cultivou.
*Foto tirada do google
Ficar sonhando algo que se sabe que não irá acontecer é ficar estrangulando a vida, sacrificar os sonhos, jogar o tempo pela janela com a plena consciência de que ele não volta e não perdoa.
Continua passando por você indiferente a sua dor.
O tempo não cura, ele só passa.
Somos nós quem com o passar do tempo mudamos nossa percepção e sensibilidade dos acontecimentos, quanto mais rescente mais sentido. Quando você toma conhecimento da efemeridade de tudo isso e cria entendimento para lidar, não vai importar se você está triste ou alegre, você tem plena consciência de que tudo é passageiro e é nesse ponto que você se torna o poço da frieza e indiferença.
Nada pra você é tão doído, nada para você é tão divertido é como se você tivesse o controle do tempo e se sabe que daqui a 15 anos não irá mais sofrer, ou sorrir por isso, já começa a agir hoje como se os 15 anos já tivessem passado.
É uma forma de aliviar a dor, mas pagar estabilizando a alegria.
É como se os sonhos dos outros não importasse para você, você já está preparado caso tudo dê errado e não ficará feliz se algo der certo, afinal, vai passar mesmo. Não que isso seja um motivo para pisar nos outros, mas talvez seja para passar despercebido.
Você deixa de viver uma vida fútil de preocupações e passa a viver uma vida vazia e insignificante, onde não importa se te abandonaram, se te trocaram, se você ama, se você deixou de amar, com o tempo você sabe que irá superar, então o melhor é começar a superar agora e não ficar sofrendo.
Mas tudo tem um preço.
Aquelas brincadeiras sem graça que antes te matava de rir, hoje nem fazem cossegas. Aqueles braços que te levavam ao infinito não te deixam longe nem um milimetro dos seus pensamentos de que não adianta guardar aquele momento na mente, alimentá-lo é se sufocar todos os dias, pois só terá a lembrança e não terá a realidade. Aqueles passeios que antes pareciam incríveis, hoje são apenas lugares.
Esse é o preço da indiferença, você se torna indiferente com tudo.
Vale a pena?
Não sei.
Mas o medo de sofrer te leva a criar armas que só você sabe usar e só você pode largar.
Quem sabe quando o medo passar eu me torne mais humana, no momento não sinto dó de ninguém além de mim mesma que estou deixando meus sentimentos escorrerem sem fazer a mínima força de fazê-los ficar.

domingo, 11 de julho de 2010

Estamos em meio segunda guerra mundial, num momento de silêncio, tranquilidade, equilibrio e reestabelecimento após um grande bombardeio, mas não pense que esse momento é de paz. 
Esse momento não é de paz!
É um momento de terror, no qual o silêncio significa apenas que a qualquer momento a guerra irá recomeçar.
Nossos soldados estão feridos, nossas armas foram abatidas e Hitler está no ápce de sua insanidade mental e com sua grande idéia de mudar o mundo no auge e nós, os que não querem morrer, apenas não compreendemos o quão grande é o seu plano, uma vez que um mundo melhor significa não ter mais a mim, a você e os que amamos estamos prestes a sofrer o nosso último ataque.
(Pois é)
O silêncio em meio a guerra pode ser mais perigoso do que o rata-ta-tá dos campos de combate em dias de conflitos, sinto se aproximando dias difíceis, dias estes que podem significar o fim da guerra.
Quem sabe seremos Hiroshima e Nagasaki totalmente destruídas? Quem sabe faremos dessa guerra algo para tirar um lucro, assim como os Estados Unidos? Ou então sairemos arrasados e de alguma forma vencedores como a URSS?
O que eu sei é que não queria estar nessa guerra, pois o que entendo é que não terão vencedores enquanto Hitler ainda reinar com sua ignorância, prepotência e pseudo sabedoria, não irá adiantar ele se matar, seus ideias ainda viverão e eu já deixei de acreditar a muito tempo que as pessoas mudam da noite para o dia.
Eu sei que estou com medo, pois a cada dia de silêncio é um canhão a mais que é apontado para nós e estamos sozinhos em um gueto da Varsóvia esperando um socorro divino, pois este é o único que poderá fazer com que venhamos sair dessa guerra ilesos.
Ilesos... Ilesos...
Talvez ilesos deste ultimo combate, pois essa guerra só nos feriu, maltratou e machucou. Estamos sofridos e talvez presos a uma obrigação, ou talvez presos a um sentimento, ou talvez estamos livres e não aprendemos a voar.
Eu sei que o relógio corre para trás e é fato de que essa guerra irá terminar agora e que o agora é um agora ou nunca!
Neste momento só me resta uma pergunta ao Deus do céu:
O QUE SERÁ DE NÓS?

Frase do dia: Senhor, não tarde em meu favor!!!

sábado, 10 de julho de 2010

A percepção




É tão ruim ter que aceitar que existem pessoas que entram em nossas vidas com um único intuíto: Sair.
Por mais forte que venhamos sergurá-las, o máximo que conseguimos é aumentar o seu tempo de permanência conosco, mas dificilmente conseguiremos fazê-las ficar conosco. E o pior de tudo não é perdê-las cedo de mais e sim deixá-las partir depois de acostumarmos com suas presenças.
É tão significativo.
É tão duro, frio e vazio... É algo que narrativamente é inexplicável, mas sentir é totalmente compreensível.
Amarramos elas a nós, fazemos de tudo para que elas façam o mínimo necessário para estar conosco e ainda assim parece que não adianta nada... no final seremos apenas seres sozinhos, frios e vazios, sem companhia e lamentando ter perdido tanto tempo dedicado a quem sabíamos que iria um dia.
Mas afinal, todos se vão.
Alguns por querer, outros sem pedir e poucos sem sentir, mas no fim todos se vão. Ainda que o fim esteja apenas, ou seja apenas o começo, sempre se vão e deixam aquela lácuna totalmente perceptivel por quem entra na nossa vida e sente que nós nunca estamos completos, que sempre está faltando algo por mais que se doem a nós e o culpado de muitas pessoas sairem de nossas vidas, na maioria das vezes sem dizer adeus, somos nós mesmos.
Essa é a percepção, nada por aqui é para sempre.
Assim como a alegria um dia passou, a tristeza também irá passar, essa é a engrenagem da minha frieza para manter a minha alma viva sem se ferir mais do que já sangra diariamente pelas calçadas escuras dessas ruas de pedra que é a vida.
Eu sou sensível, no entanto apenas com a minha própria dor. Espero mudar um dia, mas apenas espero.
Descobri-me presa em um metrô com as luzes piscando e as pessoas que amo e ainda estão comigo sumindo e aparecendo junto com os raios dessa luz que vai se enfraquecendo a cada segundo e na escuridão só ficam os fantasmas do meu passado dizendo "Amo você Lisa!" com uma rosa na mão, mas sem a mínima pretenção de provar, afinal, defuntos não provam nada e sim nós os vivos que provamos todos os dias o amargo sabor da saudade.

Nota do dia: Ainda me sinto vazia.

*Fading - Decyfer Down / Believe - Skillet*
Hoje eu a vi ao amanhacer, foi tão ruim!
É tão ruim acordar e ver que seu maior pesadelo ainda está sentada ali no sofá olhando para sua cara e sorrindo. Ela está feliz, roubando tudo que é meu.
E eu? Eu não posso fazer nada.
Não posso mandar no meu coração, como irei então mandar no coração das outras pessoas?
Sinto-me tão sem utilidade nessas horas, vendo tudo que eu sonhei ser destruído por um fantasma que ronda minha mente em forma de memórias de fotografias perdidas...
Sinto que isso me distancia de quem amo e sinto que talvez ela esteja conseguindo seus objetivos, não pelo que é meu estar almejando-a, mas sim pelo fato de que a cada suspiro que dou e emudeço alguma frase, lanço-o diretamente em seus braços.
Sei disso, mas é incontrolável.
É dor e mais nada.

quarta-feira, 7 de julho de 2010




Enquanto houver hipocrisia será difícil fazer poesia.

Tem uma musica que fala algo semelhante.

É tão duro conviver com pessoas que falam algo que não vivem, que incentivam idéias que elas mesmas não apoiam e que seguem o barco com a maioria esperando apenas aportar para buscar novos barcos, enchendo os nossos déques com pessoas inúteis aos nossos ideiais e que nos impedem de colocar alguém que realmente se interessa estar ali.
É tão estranho como as pessoas buscam mais o sucesso, o dinheiro, tudo menos os seus sonhos e no fim acabam dizendo que seus sonhos são fama, dinheiro e mais balblalbalba... Estamos mudando nossa forma de pensar de acordo com a situação e não mudando a situação de acordo com nossa forma de pensar.
Somos um bando de folhas em branco em que cada momento difícil escrevemos algo diferente e que seja mais fácil percorrer o caminho do que enfrentar a tempestade.
Hipocrisia!!!
Dizemos: "Sejam fortes" e somos fracos, pedimos: sejam bons e somos maus... somos ruins, somos cruéis.
Sufocamos os nossos próprios sonhos e nos sentimos no direito de incentivar alguém a buscar o deles.

No fim das contas o que penso é que sacrificamos nossas vidas vivendo elas de acordo com o que não queremos, ou omitindo quem realmente somos de bom só porque é mais fácil, levanta menos inimigos, teremos menos oposições.
Nem sempre o fácil é certo, corrigindo, na maioria das vezes o fácil não é o certo!
Fala sério!

Temos é que viver, que buscar, que lutar e acreditar.
Não só ficar falando, mas também fazer.
É aquela velha frase pixada na porta de uma bate qualquer:
"Quem fala em revolução, mas não revoluciona a si mesmo carrega um defunto na boca!"

Nota do dia: Tem momentos que você realmente percebe que uma nova geração precisa assumir e para isso você precisa... Desocupar o beco!

domingo, 4 de julho de 2010



Hoje eu descobri que fracassei.

Descobri que se não sou, pelo menos fui um fracasso em algum momento.

Pior que descobrir que você não é o que seus pais sonharam e o que as pessoas ao seu redor esperavam, é descobrir que você não é o que você esperava.

Eu não me imaginava assim com 18 anos. Eu não me imaginava assim mesmo!

Talvez eu não tenha sido tão boa quanto eu pensava que eu era, talvez não merecesse tantas coisas quanto eu pensava que eu merecia, talvez eu nem mesmo fosse uma boa amiga quanto eu pensava que tinha sido, pra falar verdade, talvez eu ainda me procure pelo fato de nunca ter me encontrado.

Eu estou perdida de verdade!

Sabe, eu cheguei num ponto em que tudo que eu acreditava que para mim seria verdade hoje ainda é só sonho, sonhos esses que eu já perdi a força para tornar realidade.

Todos que eu julgava mal hoje são melhores do que eu, tem coisas melhores do que as minhas e eu sempre pensando que estava fazendo o certo...

Pelo visto eu estava errada a todo tempo.

Hoje eu descobri em mim um ser que viveu muito tempo dentro de mim, mas hoje está morto, eu mesmo, um ser Quasimodo e completamente inútil!


Nota: Parabéns Dumbo! Eu te love you muito mesmo! Você é o melhor irmão que uma pessoa pode desejar ter. Bezão pu Olelão! Uhulll Que Deus te abençoe pois você é um presente de Deus para mim. Te amo!

sábado, 3 de julho de 2010

Brasil na Copa


Ou melhor, Brasil fora da copa!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Bom será se não foi armação porque a próxima copa é aqui. Reservo-me ao direito de ficar caladinha. O que eu gostei mesmo foi dos hermanos perdendo, se bem que eu estava meio que tentada a ver o Maradoninha peladão kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Hermanos também voltaram para casa, mas se vingaram um pouquinho da ultima copa em que eles vieram pra América do Sul antes de nós, mas dessa vez nós abrimos os portões para eles passarem, afinal, estávamos no aeroporto um dia antes! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Dale Dunga e sua maravilhosa seleção... E Dale Maradonation que eu pensei que poderia até ganhar! :(