Translate

domingo, 16 de maio de 2010

Para recordar

Tem pessoas que entram em nossas vidas com um único intuíto, marcar e ser lembrado. Um amor apenas para recordar e não para viver. Mudam nossa história, nossa forma de ver o mundo e de encarar a vida, mas nada mais além disso... Nascem apenas com essa função.
Às vezes queremos amarrá-las para não irem embora, mas precisamos compreender e entender que elas ficam apenas o tempo necessário para se tornarem inesquecíveis de forma boa e eterna, semelhante a Romeu e Julieta, talvez tivessem brigado se não tivessem morrido, talvez tivessem separados, mas foram o casal perfeito.
Às vezes pedimos muito no produto e não presamos pelo pacote!
O amor é uma coisa realmente louca, não vivemos sem e muitas vezes sofremos com...
Sabe, pelo menos por agora: ACABOU MINHA INSPIRAÇÃO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.