Translate

terça-feira, 25 de maio de 2010

Para prosseguir


Antes de ler o post de hoje é necessário ter muita paciência e um pouco de tempo para ler esse: http://lisems.blogspot.com/2008/05/anlize-sobre-vida-e-humanidade-por-lis.html Caso não venham ler o indicado, nem adianta prosseguir pois não compreenderão o fato que desejo explicitar!

.....

No dia 16 de Maio de 2008 eu fiz esse post, e vejo que eu desamadureci!
Antes eu não ligava para o que pensavam de mim, era eu. Hoje vejo que o que tanto critiquei me tornei, em alguém que tem necessidade da opinião alheia para sobreviver.
De que me adiantaria ser hipócrita e deixar as postagens falar por mim? E no final das contas você se tocar que eu sou um ser incoerente?
NADA!
Realmente percebo isso e devo voltar a ser uma criança, como eu era nessa época, como a bíblia me manda ser.
Amar as pessoas pelo que elas são, sem interesse e sem buscar meu próprio benefício.
Vejo que eu passei 2 anos da minha vida procurando respostas que estavam em mim própria. Até mesmo minhas postagens antigas eram bem mais produtivas e "felizes" no que diziam do que as atuais.
Eu não queria crescer.
Agora entendo MJ.
Perdemos a essência da vida com a tal "maturidade" dos anos, mas perdemos também no caminho um pedaço da nossa fé, da esperança, da paciência, do entendimento...
Com a ciência o amor acabaria: fato! A bíblia não mentiu.
Quanto mais eu conheço, mais o conceito de amor que tenho em mim foi distorcido.
Eu era alguém que não visava apenas falar da minha vida, mas contribuir com a dos outros!
Eu realmente não sei em que ponto da minha vida eu me perdi, mas tenho fé em Jesus Cristo que irei me encontrar.
Hoje vejo que é muito ruim ter saudades dos outros, pois só sua vontade não podem trazê-los de volta, mas sentir falta de si mesmo não é tão doloroso e sim vergonhoso!
Como eu me perdi?
Desculpem-me.
Peço apenas que vocês não se percam e nem as coisas que conquistaram, pois se agora for o seu último segundo de vida? Vai ir sorrindo, ou vai tentar ficar para fazer algo que deveria ter feito antes?
As crianças pensam, amam e são verdadeiras, brigam pelo que realmente querem. As crianças sabem o que realmente querem e não brigam por qualquer coisa. E mesmo apanhando dos pais, quando querem algo... fazem pirraça!
Eu era mais adulta quando era criança, eu sabia lutar e com que armas lutar quando eu queria. Eu sempre vencia, não porque eu era "a boa", mas porque sabia reconhecer que a vitória era de DEUS EM MINHA VIDA e que ELE TINHA ME PERMITIDO GANHAR!
Talvez por isso eu esteja perdendo
Ele me dava as armas, hoje saio feito louca atirando para tudo quanto é lado até acertar alguém e acabo acertando quem não tem nada haver com o fato..
Ai Deus, perdoe essa raça nada racional!
Perdoe a mim!
Perdi-me e preciso me encontrar.
* Yeshua - Fernandinho*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.