Translate

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Feliz 2010 galera!!!

2009 foi perfeito... tudo... tudo que eu queria eu consegui, com lutas, faltando algo, pedacinhos... mas foi tudo. e tudo isso... GRAÇAS A DEUS!

Valeu Deus!
Valeu Jesus!


Que venha a copa do mundo agora! kkk

domingo, 27 de dezembro de 2009

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Feliz Natal!

Por que eu tenho que passar por isso?
Eu sei, às vezes é ignorância minha, mas eu sou obriada a ouvir o som ruim até o final? Não.
Estou aprendend o a ser má educada tbm.
Desculpa, tinha muita coisa pra falar, mas acho que Deus não ta deixando pq se eu falar vai ter mais dor.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

PISM III


É AGORA GALERA... DEUS.... É AGORA! PRA MIM, PRO BRENINHO, PROS MEUS QUERIDOS AMIGUINHOS! É AGORA. HOJE FOI UM DIA... AMANHÃ MAIS UM E DEPOIS O TÉRMINO DA LUTA. MESES AGUARDAREMOS ATÉ A RESPOSTA.


"Essa luta não é minha, o meu Deus peleja por mim!"

Esse ano foi o ano que eu deveria ter feito nos meus dois anos passados... dedicados aos meus sonhos de longa data e não ao imediatismo. Esse ano o fiz... agora é ver o que dá. Está nas mãos de Deus e que ele me abençoe e abençoe a pessoa que preciso para estar comigo pra sempre.
Não posso recuperar os anos perdidos, mas posso fazer desse o melhor. Aprendi... vou levar os aprendizados daqueles para a vida toda, e desse ano... eu espero levar o prêmio.
Seja comigo Deus... eu te imploro! Eu me humilho... Eu preciso. Sou pidona mediocre mesmo. Embora o Senhor saiba que não só te procuro quando preciso, mas não serei hipócrita, eu tenho a síndrome da humanindade de só procurar na necessidade, mas Senhor perdoe minha sub medilcridade e me dê vitória nessa causa Senhor. Por favor!!! Sei que nesse momento só o Senhor em sua presença e Seu Espírito em rica sabedoria poderá me ajudar... nos ajudar. Cuide de nós Senhor... Imploro-te.
Não direi que esse será meu maior pedido desse ano, mas talvez seja o mais importante para manter os outros que também fiz.
Cuide de nós Senhor! Cuide de nós.
(Eu sei que não preciso pedir para que o Senhor cuide, mas sei que o SEnhor também quer ouvir de nós que precisamos de Ti. Isso é reconhecimento perante a sua existência da insignificância da minha. Que Seus sonhos sejam os meus oh Pai... Oh Grande Pai. Que não quer que eu me humilhe para homens e sim para Ti, por que em Ti eu serei exaltada... E assim diz sua palavra e o Senhor não mente. Não é a velha barganha... É apenas aquilo que sei e uso para orar com legalidade.
Valeu Deus.
Já te agradeço.
Muito obrigada mesmo! Muito, muito mesmo. Embora eu saiba que não sou nem um pouco merecedora dessa ENOOOOORME GRAÇA!
Amém!


Nota do dia: Parabéns pra nós amor! "-Mesmo juntos estamos separados né amor? - Anhh não."

*Já posso suportar - Pregador Luo e Trazendo a Arca*



segunda-feira, 14 de dezembro de 2009


Eu posso até entender. MAs até quando?
Eu posso até aceitar, mas quem vai me aceitar?
Se isso tudo fosse comigo você compreenderia? Você me ajudaria? Você estaria comigo?
Eu posso até mudar, mas você mudaria?
Eu amo você.
Eu me amo também.
Até quando?
Até que ponto?
O limite entre a loucura e obseção está chegando ao fim.
Minha revolta. Minha ira... quero deixar claro que ter a princesa azul é bom, mas é difícil.

...*...

Eu vejo seus esforços, eu vejo sua luta. Assisto da platéia, não inerente, mas torcendo por você.
Eu assisto seu teatro e não acho isso uma palhaçada, embora muitos dêem risadas.
Eu vejo sua dor e não consigo chorar com você, apenas lamento tudo que aconteceu.
Eu penso em você e sei que você pensa em mim, mas infelizmente os únicos momentos que estamos realmente juntos e sozinhos são em nossos pensamentos.
Acho que somos os primeiros que a distância não separa, une.
Sabemos bem, estamos finjindo que isso não está acontecendo, mas sabemos bem. Desde o começo sabíamos.
Não é hora de lamentar. Eu não estou lamentando.
Eu sabia que ia ser assim.
Joguei-me e me arrisquei.
Agora é o preço. Eu pago, tudo bem. incriminações a mim não pertencentes, pré-julgamentos do que sou, nada que nunca passei antes. Tudo bem.
Pelo menos agora tenho um motivo.
Eu vejo sua dor e não a sinto, não porque não possa, mas por que eu realmente não quero. Isso não irá alterar os fatos, só faria um a mais sofrer algo que seria extremamente desnecessário, afinal, eu também já tenho a minha dor.

Dor da solidão!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Jéh

Parabéns miga! Mana... Tia... louca!!!!

Que Deus te dê muitos anos de vida e que em todos eu esteja ao seu lado e vc ao meu.
Beijos amo você!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Faz tanto tempo, mas ainda me lembro... como se fosse hoje...


Faz tanto tempo e ainda me lembro de como tudo começou, estava frio, tinha chovido, mas não chovia mais. Estava sem vento, estava calmo e eu extremamente nervosa. Ainda me lembro de como fiz de quase tudo para chegar aqui, lembro-me também de tudo que eu amava e deixei pra tráz para a vida toda, só para estar aqui.
Parece que foi ontem...
Ainda me lembro dos primeiros amigos, dos primeiros abraços, dos primeiros conflitos.
Posso me lembrar também de como foi conturbada a minha vida, de como era insensível e sem amor.
Lembro-me de como era fria, calculista, mas muito amável, e não, eu não era incoerente e nem o sou.
Ainda me recordo dos dias iniciais, da piscina, das festas, do castelo, ainda me lembro dos fungos vermelhos em mutação, da pracinha do ping-pong, dos poemas sofridos, dos choros, dos dias que chegava sem falar com ninguém e não fazia a mínima questão de o fazer.
Ainda me lembro dos "oh bunitinha!", do "galerinha", "Galera galera"... Ainda me lembro de tantas coisas que ainda não são meu passado mas tá quase lá.
Ainda me recordo do primeiro choro de verdade, da vontade de sumir e do arrependimento de ter lutado só para chegar até aqui.
Posso me lembrar da dor do primeiro verdadeiro amor, do amor frustrado, do amor que existiu somente em uma pessoa por outra que nem estava ali...
Ainda me lembro da dor de pensar ter perdido, do pentágono esconderijo onde afogava minha dor e matava minhas aulas.
Ainda me lembro do povo insensível que pouco se importava com meus problemas exteriores e me fazia sofrer ainda mais. Ai chovia... sim, chovia!
Posso sentir o cheiro dos dias, das árvores, das pessoas. Posso me lembrar das fotos, do cabelo vermelho, misturado ao louro e o castanho... Ainda me lembro.
Posso me recordar dos dias agonizantes hoje com apenas momentos.
SE não tivesse acontecido comigo jamais acreditaria que isso teria acontecido com alguém.
Recordo dos professores, dos amigos, dos conhecidos... Recordo do adeus temporário a quem ainda é uma grande amiga.
Posso me lembrar de cada detalhe... Inclusive de quando o sol voltou a nascer.
Dos novos amigos, da velha Lis, da velha e boa Lis... Minha vida feliz...voltou.
Mas do tempo triste ainda fico na mente os bons momentos, por que nem tudo foi espinhos!
Ainda me recordo do menino macabro do primeiro semestre, do chato que não tirava o pé do chão para andar, mas que me fez flutuar (acho que ele deveria aprender comigo).
Ainda me lembro do professor que hoje me fez chorar ao entregar a ultima prova... eu não queria, mas ele disse que ia rasgar pq eu estava puxando e ele... também!
Ainda me lembro como se fosse hoje... ops, foi hoje.
Mas acho que quando eu estiver bem velhinha vou me lembrar na mesma intensidade, e caso não lembre... deixo escrito para que eu venha me divertir comigo mesma e ver como a vida dá voltas.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Pouco me importa agora

Tempo passa e a gente começa realmente a ver quem faria tudo por nós. Quem não só usaria as palavras mas também as atitudes e começariam a colocar essas letras amontoadas em ação.
A gente começa a ver quem nos ama de verdade.
Quem enfrentaria o mundo para estar conosco ao menos por mais um único minuto!
Que faria da vida mais que palavras... que viveria cada dia feliz mesmo infeliz e que nos faria feliz estando conosco EM TODOS os momentos.
Só Jesus mesmo não é?~~
pois é!
Saudades!