Translate

terça-feira, 20 de outubro de 2009

De saco cheio!


Não pense que eu ando muito estressada, tenha certeza disso!
Não sei o que está acontecendo comigo.
Estou perdida num labirinto que eu mesma criei (A máscara da sedutora- referência a teia tecida por ela mesma).
Só queria respirar ar puro mais uma vez, deixar meus cadernos de lado, deixar o técnico pra tráz, viver... é isso que eu quero, viver.
Agora viver é a palavra de ordem.
Já não aguento mais minha rotina, quero algo, alguém, alguma coisa que mude tudo que está acontecendo, que coloque meu mundinho perfeito de cabeça para baixo, mas de uma forma positiva.
Já não aguento mais suportar pessoas que estou louca para colocar dentro de um jatinho e mandá-las para a lua bem longe de mim.
Suportar... Quanto mais?
Bem diz que não temos tudo, por que se tivermos tudo nos esquecemos de Deus.
Melhora de uma lado minha vida, e as outras partes desmoranam-se aos meus pés.
Eu só queria uma estrutura inabalável,viver feliz no meu cantinho, ter meus sonhos realizados e não estar tão cansada e de saco cheio de tudo e de todo mundo.
É dificil me entender? ok, entendo, eu também não me entendo as vezes.
Eu tinha amigos, ou pelo menos pensava, agora tenho meu guaiato mas meus amigos mesmo... Meu Deus! Eu não preciso de alguém para virar meu mundo, agora eu estou me dando conta, preciso dealguém para me ajudar a colocá-lo no lugar...
Está tudo tão fora de ordem, está pior que meu quarto nesse momento.
Eu estou me dando conta de que eu vivo falando que a vida não é um filme, chamando as pessoas pra real, mas eu mesma ainda não cai na minha real... Que eu nesses últimos 3 anos vivi uma história muito louca que se contar ninguém acredita. ou acredita com os pés bem atráz.
Eu só quero ir pra um lugar claro, com sombra, quente, e fresco, feliz, e silencioso, com paz, acolhedor, feliz, aconchegante, feliz, macio e feliz, só quero estar comigo e dizer que tudo isso valeu a pena... Que eu sou eu ainda, que não abandonei meus ideais nem meus sonhos embora tantas vezes tenha sido atropelada no caminho.
Eu só quero fazer as pessoas entenderem que eu sei que sou um ser humano, que tenho meus defeitos, mas acho que isso nunca vai entrar na cabeça deles, nunca vai entrar na cabeça deles qu eu realmente sou maluca a ponto de reconhecer meus defeitos e saber que hoje eu estou um porre de tão chata, que está insuportável ficar perto de mim. Por isso me recolhi.
Quero férias... Vento, sol, felicidade, paz, tranqulidade...
As vezes eu penso que eu queria a vidinha de 2006 de volta, mas sabe, eu gostava dakilo tudo, mas talvez não fosse tão legal viver tudo aquilo eternamente, ou não, talvez seria... mas eu quero algo diferente, embora eu queira aquilo tambem. eu quero muitas coisas... tantas coisas que se eu fosse minha amiga eu ficaria de saco cheio de ouvir tudo que eu quero...
Eu sei que amo esse blog e não sei se deu pra notar, esse ano eu nem estou divulgando muito ele pois as minhas postagens estou pessoais e como estou sem muitas pessoas em quem confiar eu uso ele para desabafar e sei que se essas páginas em branco não puderem me ajudar, atrapalhar também não vão (assim espero).
Posso voltar a um ano atráz lendo minhas postagens, ficar feliz com elas ou ver como eu superei alguma dor e ganhar forças para enfrentar de novo.
Não sou egoísta, mas eu sei aprender comigo mesma.
Talvez isso seja egoismo não é?
aiii...
Um trauma do passado não me deixa viver em paz. Fica batucando na minha cabeça...
Dor.
Vou fazer o trabalho de geografia.

Te amo Lis. Muito mesmo, você pode até não acreditar em tudo o que eu estou te/me dizendo, mas acontece que você precisa acreditar mais em você e perceber que você é mais especial. Não é sair em busca da auto-suficência, mas entender que ninguém precisa fazer você se sentir algo que já é. Amo muito você... Depois das divindades celestiais e espirituais você é a pessoa mais importante da minha vida! (Auto declaração de amor).



*foto: Saudades de vocês gente! Embora eu tenha sofrido muito nos dois anos passados eu sempre levarei 7 coisinhas muito importantes dentro do meu coração. Não posso voltar atráz, mas fico feliz por ter tido vocês no meu passado e poder carregá-los pelo resto de minha vida, nem que seja em minha triste e dolorosa memória.


Obs: acho que agora Jéh eu virei emo de verdade.

*ouvindo musica emo HM*




Mas sei que apesar de tudo, Senhor, renove minhas forças por que assim eu sei poderei suportar!

2 comentários:

  1. Sujeitos a tempestades e calmarias vivemos um dia após o outro...
    As vezes nos julgamos em sorte por tudo que acontece a nossa volta.Por que algumas coisas acontecem??Talvez isso não devesse ter acontecido...
    Pois digo,com convicção de alguém que sempre observa de longe,que valeu a pena sim,tudo tem um motivo para acontecer.
    Amizade é um assunto difícil,mas nosso coração sempre sabe em quem confiar,mesmo que essa pessoa vacile muito e,acredite,nos enganamos as vezes...Aqueles que julgamos odiar-nos podem se preocupar e,realmente não querer nosso mal.Temos com quem contar:Nós mesmos,pois quando queremos,conseguimos muitas coisas.
    Mudar não é vergonhoso,a hipocrisia de julgar sim,e é claro interpretar algo sem convicção também.
    Que saibamos cuidar dos nossos corações para a vida que está nos esperamos,pois somos jovens e podemos nos tornar grandes sábios de nós mesmos.
    Confie,ame sem esperar nada e troca...
    ^^
    Amanda Mazzoni

    ResponderExcluir
  2. tocou em mim, abrir o blog para escrever algo sobre o assunto, estava até meio sem consolação... mas isso realmente me confortou.
    Deus usa quem ele quer.

    ResponderExcluir

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.