Translate

quinta-feira, 27 de março de 2008

Vestibular virou loteria![parte dois]

Será que ainda podemos sonhar com um mundo mais igualitário para todos?


Não podemos querer resolver as coisas grandes se não damos a minima pros pequenos detalhes que fazem de nossa vida uma coisa aproveitavel.

Muitos podem julgar o que eu falo algo irrelevante, outros apenas criticar (mesmo que tenham uma opinião semelhante a minha), pelo fato de ter sido eu a ter levantado a polemica.

Mas eu já sei bem que não se pode agradar a todos.

No entanto não esperem que eu assista esse circo sem faser comentarios no "making off", pois mostrar onde está errado faz surgir novas e boas idéias mesmo que não partam de você, afinal não é uma competição e sim uma luta por um ambiente de vida melhor.

Voltando especificamente aos vestibulares, creio que se ao contrário de analizarem o candidato por meio de provas fosse por meio de toda a sua vida "academica-escolar" (usemos esse termo para facilitar o entendimento) seria mais justo.

Se um aluno se mostra capaz de se desempenhar muito bem durante sua vida escolar, será garantido para ele uma vida universitaria de mesma qualidade. No entanto, para isso seria necessario nivelar no nivel das escolas, se nao ficaria muito facil você sair de uma escola onde o ensino é de qualidade e se passa muito sufoco para uma "tenda com livros e banquinhos", onde você precisa ser bom aluninho, não chingar o coleguinha e se dedicar a fazer os deveresinhos de casa para tirar boas notas.

São várias coisas que deveriam mudar, não por eu ou mais um milhão de pessoas quererem e sim pelo fato de que uma mudança atrai outra.

Continuando a teoria de como seria o novo metodo de avaliação para as universidades brasileiras, além de se avaliar o estudante durante sua vida escolar, seria necessário uma entrevista com pisicólogos, pedagogos e uma prova de habilidade especifica da área que o individuo deseja se integrar. Além de se olhar a forma como ele encararia os estudos e se teria como manter seus estudos com qualidade de desempenho (ai entra a ajudinha que o governo ama dar pros estudantes, mas nesse caso ela não se limitaria a 15 reias de bolsa escola como em alguns casos).

Bom é uma teoria que precisa ser analizada, observada e julgada. Sei que nenhum membro importante está a ler essa critica ou se está se mantém oculto, no entanto aos demais eu digo.

SE NÃO CONCORDAM COM ALGO MEUS CAROS COLEGAS, EXPONHAM SUAS DESCONTENTAÇÕES SE NÃO ESSE PAÍS NÃO VAI PRA FRENTE!

Mais uma vez grata pela pasciência e se desculpando pelos erros de português:

Lis Masil

5 comentários:

  1. Lis Masil é otima..

    Bem, entrando no assunto dos vestibulares.

    Concordo muito com o q vc diz lis.

    Também acho muito justo olhar pela "vida academica". Mas seria uma medida inviavel, pois nivelar todas as escolas demoraria muito.

    Ta, eu sei, mesmo que demorasse seria uma boa.Mas que governo vai querer perder tempo com isso?

    Agora entrevista com psicologo nao achei uma boa nao.Ainda mais se tiver os testezinhos q o Mário dizia ano passado.

    Uma prova de habilidade especifica..
    E se a pessoa for prestar medicina?
    O q ela vai fazer??
    Acho q prova de habilidade especifica teria que ter só para cursos em q a pessoa tem q "desenhar" bem.

    No mais.. essa é minha opiniao.

    Bju

    ResponderExcluir
  2. sab eu vo junta cun vc i fazer uma revoluçao o/
    td mundo reclama d mtas coisas nesse mundo,mas as pessoas se conformam.." "ah!uq eu vo fazer?n vai adianta in nd..." é por isso q o mundo ta do jto k ta¬¬' eu concordo com oq vc disse..prova especifika tb é uma boa...ve se tem jto pra kilo...serio, as pessoas devem ter consciencia k td o metodo d governo,in td k se refere,depende do povo, e q é exatamente por isso q podemos fazer alguma coisa...mta gnt tem medo de enfrentar akilo q axa errado por motivos q n deveriam significar nd diante da importancia de se melhorar oq é hoje esse mundo...eu preferiria mil vzes morrer lutando do q calar a boca...mas o povo n fla por uma pessoa so,é preciso das "pernas e braços" n é?
    "Para o mau triunfar,basta o bom não fazer nada."

    ResponderExcluir
  3. Tipo Seghatti a prova de habilidade especifica seria pra testar se a pessoa teria capacidade de manuzear um instrumento cortante por exemplo e nao se ela é uma expert no assunto, afinal ela quer fazer o curso.E o piscologo seria para ajudar na entrevista filha e nao pra provinhas de pisique.


    Quanto a vc Juh é isso ai! Pode ser que um sozinho nao tenha força, mas os outros que tem ideias semelhantes e medo de as apresentar podem o segui-lo e fazer valer a pena.
    Concordo tbm quando diz que é por isso que o mundo nao vai pra frente.

    Valeu gente, no mais...
    Aguardo novos comentários.

    ResponderExcluir
  4. Bem, eu gostei da teoria, sempre acreditei que um teste especifico por curso escolhido e o nivelamento do ensino público ao particular fossem solução para este país, sabe-se que boa parte(quando digo boa parte digo cerca de 85% ou mais) da tecnologia desse país surge com pesquisadores em universidades e enquanto tivermos na faculdades e universidades desinteressadas no crescimento da nação estaremos a sombra das outras nações esperando o atrasado de quase uma dezesna de anos para que algumas tecnologia venham para nossas terras tupiniquins, o que fazer? Bem, estudar e estudar muito porque mesmo com o ensino inferor se chegarmos a universidade sabemos que faremos a diferença, diferente da maioria de filhinhos de papai que estudam as custas do governo enquanto nós, classe média-baixa temos que pagar para ter nível superior ou competir com alguém bem mais preparado para ocupar aquela vaga na Federal.


    Aqui o desabafo de alguém que paga para que possa realizar o sonho de exercer uma boa profissão e fazer sua parte para mudar essa nação.

    ResponderExcluir
  5. :'( ai!

    Eu chorei com essa!!!

    Thiago vc me tocou sem me encostar!
    ¬¬ foi horrivel essa né?
    reoirueoreirueor


    Isso ai ta todo mundo entendendo e dando idéias para mudar esse país.

    Quando eu for uma jornalista de verdade, suas idéias teram voz. tenham certesa!

    ResponderExcluir

Leu a postagem? Então não deixe de comentar. Abraços e que Jesus os abençoe, Elisa Macedo.